Booking.com

Visto para a Argentina: saiba como tirar!

Pensando em se aventurar em terras Argentinas, seja para estudar, trabalhar ou simplemeste dar uma de bon vivant por lá? O visto de residência permanente permite que você estude e trabalhe no país por 2 anos. Não sabia disso? Saiba como tirar o visto para a Argentina nesse post, onde explicamos passo a passo:

1- Organize todos os documentos solicitados no site do Consulado da Argentina

– Passaporte original com validade mínima de 02 (dois) anos.

– 02  cópias autenticadas das três primeiras páginas do passaporte.

– Certidão de nascimento original ou atualizada – pessoal, sugiro que vocês peçam a certidão de nascimento atualizada no cartório que vocês nasceram, porque ela servirá para pedir o DNI argentino quando você chegar lá. É melhor sempre ter a certidão velhinha e original guardadinha no baú 😉 .

– 02 (duas) cópias autenticadas da certidão de nascimento.

– Certidão de casamento original ou atualizada (uma via para cada cônjuge; a apresentação da certidão de casamento não exime a apresentação da certidão de nascimento).

– 02 cópias autenticadas da certidão de casamento. Se você não é casado, não é necessário 😉

– 02 cópias autenticadas do documento de identidade (RG).

– 02 vias do certificado de antecedentes penais emitido pela Polícia Federal Brasileira com firma reconhecida em cartório ou com a validação da internet quando solicitado pela internet no site www.dpf.gov.br (não serão aceitos antecedentes penais emitidos pela Polícia Civil, Governo do Estado de São Paulo nem PoupaTempo).

04 fotos 4X4, de frente, sem data, sem óculos, ½ busto, fundo branco, colorida.

2- Autenticar as cópias

Depois de ter todos os documentos juntinhos e organizados,  vá ao cartório e faça a cópia autenticada de todas as cópias dos documentos da listinha acima.

3- Legalização dos documentos – MRE

Tudo autenticado e organizado? Hora de enviar tudo para o Ministério de Relações Exteriores – o MRE.

Há escritórios em algumas capitais do Brasil além de Brasília e em São Paulo: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis e Porto Alegre.  Fique atenta, porque você só poderá mandar os seus documentos para o MRE em Sampa se os seus documentos forem desse estado (certidão de nascimento, RG, etc) por exemplo.

Só é possível enviar essa documentação por correio e o prazo para devolução é de 20 dias (se você mandar para Brasília) e 15 dias (se você mandar para São Paulo), por isso, nem adianta ter pressa. Antes de enviar os documentos, entre no site: http://bit.ly/mreargentina e preencha um formulário no qual você vai especificar quais documentos está enviando, a quantidade e que a legalização dos documentos deve ser feita pelo acordo Brasil-Argentina. Depois é só ir nos correios,  botar tudo no envelope, incluindo um envelope selado para que eles retornem os documentos!

4- Marcando a entrevista

Hora de marcar a entrevista no consulado. Mande um e-mail para: [email protected] com o seu nome, sobrenome número de passaporte, nacionalidade e qual o visto você vai solicitar para marcar. Durante 3 meses mandei emails  e sempre tinham horários disponíveis na mesma semana. Na semana que eu precisei, tive que esperar 20 dias, portanto, marque com antecedência, sempre tendo em conta os prazos para legalização da documentação.

visto-argentino

Dica esperta: tente marcar a entrevista sempre às 9:00, o primeiro horário deles, já que depois das 10:00 o consulado bombou e isso pode deixar o processo mais lento e vi muita gente reclamando da demora no atendimento.

 5- O consulado

Chegou o dia! O Consulado está na Avenida Paulista, nº 2313, pertinho do metrô Consolação, no 1º andar. Chegando no consulado, passe para a segunda sala e fale diretamente com algum funcionário que estiver nas janelinhas. Ele vai te pedir a documentação, conferir tudo e pedir para você aguardar. Depois de um tempinho (esperei  20 minutos), eles te chamarão para assinar dois documentos e pegar as digitais.

Depois disso, é esperar a entrevista com o cônsul. No meu caso, esperei só 20 minutos. Fui levada para uma sala, onde ele revisou todos os meus documentos, perguntou a razão da minha mudança, fez até algumas brincadeiras, muito simpático. Depois que ele terminou as perguntas, explicou os próximos passos: pagar a taxa de $200 dólares para a emissão do visto (em reais) no Banco de la Nación Argentina, que está no andar térreo e com isso pago, retornar ao consulado. Além disso, aquele formulário no qual eu inseri as minhas digitais é o formulário que, juntamente com a minha certidão de nascimento, servirá para dar entrada ao meu DNI quando chegar a Buenos Aires. Dica: o prazo para marcar a data e horário para solicitar o DNI uma vez que você chegue em Buenos Aires é de 90 dias, por isso, recomendo chegar lá e no primeiro dia dar uma ligadinha para a policia e marcar.

Paguei a taxa,  voltei para o consulado e entreguei o recibo a um dos funcionários; 40 minutos depois, eles me chamaram e devolveram o passaporte com o visto.

visto-argentino

Li e fiquei sabendo que algumas pessoas chegaram a demorar 7 horas para todo o processo porque esperaram o passaporte já com o visto. No caso de uma amiga minha, ela foi entrevistada de manhã e pediram para ela buscar o passaporte pela tarde. Como tudo, cada caso é um caso e ainda mais falando de vistos, não é?

Veja nossos posts da Argentina!

—————————-

Delivery Vou Contigo – Receba nossas notícias no seu e-mail.