Booking.com

Selina Madalena é hospedagem com arte, música e gastronomia no bairro mais boêmio de São Paulo

Localizado no coração da Vila Madalena, o Selina Madalena é mais que hospedagem: é arte, coworking e oferece diversas atividades para os hóspedes e frequentadores da região.

A Selina vem se destacando pelo Brasil quando o assunto é experiência de hospedagem para o público jovem. A rede combina acomodações com design, espaços de coworking, bem-estar e experiências culturais em 62 propriedades em 15 países, entre espaços de praia, selva, montanha e urbano, como o Selina Madalena, unidade voltada para hóspedes que viajam conectados.

O conceito permite a possibilidade de morar, trabalhar e explorar destinos, e atualmente estão desenvolvendo uma infraestrutura global para nômades que querem transformar o mundo em sala de aula, escritório e playground. É hospedagem com propósito!

Selina Madalena: Check-in e check-out

O check-in é liberado a partir das 15h, mas caso haja disponibilidade você poderá entrar um pouco antes no quarto – que foi o nosso caso. O check-out é até o meio-dia. Tivemos uma experiência rápida tanto para entrar quanto para sair do hotel. A recepção funciona 24h.

Selina Madalena: Quartos

O Selina Madalena conta com 164 camas divididas em 46 quartos, entre suítes, quartos privativos e compartilhados. Nos hospedamos em um quarto de casal com banheiro privado. A cama, assim como os travesseiros e roupas de banho, são dignos de hotéis cinco estrelas. Tivemos dois imprevistos em relação aos quartos, no primeiro quarto o ar-condicionado não estava funcionando, nos mudaram de quarto e no segundo também não funcionava – fomos para um terceiro e esse sim estava tudo em ordem. Fica a dica para verificar o ar-condicionado do quarto antes de desfazer as malas.

Os quartos são confortáveis, possuem armário para as roupas, escrivaninha com cadeira, ótima iluminação, varanda (alguns deles) e no banheiro há amenities de marcas locais.

Selina Madalena: Hospedagem & Arte

Como parte da experiência, o Selina Madalena traz obras de artistas que estão em evidência pelas ruas de São Paulo, entre eles Hanna Lucatelli, Apolo Torres, Verdeee e Filipe Grimaldi, em quartos, corredores e áreas comuns do hotel. Estar em um quarto com uma arte da Hanna Lucatelli, artista que admiramos há algum tempo, fez com que a nossa estadia fosse bem especial. É dormir e acordar com inspiração!

selina madalena

Café da manhã

O café da manhã não está incluso na diária, mas você poderá solicitá-lo como serviço extra. O valor varia entre R$ 18 e 23. Inclui café, leite, suco, pão de queijo ou bolo do dia, ovos, frutas, pão, geleia e requeijão. Na nossa opinião vale sim a pena já fechar a diária com o café incluso, mais comodidade e o combo vale a pena como melhor custo benefício para começar bem o dia.

Programação cultural

Além de uma programação de shows, talks, aulas abertas, oficinas de diferentes temas e eventos diversos, o Selina Madalena conta ainda com um bar com foco especial para drinks e um espaço de alimentação aberto todos os dias da semana para café-da-manhã, almoço e jantar.

No final de semana da nossa estadia aconteceu a Feira das Ideias, um evento que reúne marcas independentes de arte, decoração, moda e lifestyle para incentivar o consumo consciente e a cultura do “faça você mesmo”, além de uma prévia do Floripa Jazz Festival 2020, com artistas do universo do jazz contemporâneo fazendo um som no espaço do bar/restaurante.

O Selina Madalena é para você que é jovem e viaja com o intuito de explorar São Paulo, tanto de dia como pela noite. Em uma visão geral, a unidade é uma mescla de hotel moderno com hostel descolado europeu. Se voltaríamos? Com certeza!

Serviço

Selina Madalena

Rua Aspicuelta, 237/245, Vila Madalena – São Paulo/SP.

Site: www.selina.com.

Reserve via Booking.com clicando aqui.

*Nos hospedamos no hotel em parceria com a rede Selina. Todas as informações que constam neste post são referentes a nossa real experiência no local.