Booking.com

Programando a Viagem: Checklist e Roteiro pela Índia

A Índia nunca foi daqueles destinos que eu contava os dias para conhecer. Quando decidimos fazer essa viagem, ela entrou no roteiro e decidi ler um pouco mais sobre uma das civilizações mais antigas do mundo. Inicialmente fiquei com medo; medo de todos os tipos de violência que li na mídia, nos fóruns e na internet em geral; medo de todas as formas de poluição que afetarão os meus cinco sentidos, da tristeza que sentiria ao ver tanta pobreza, sujeira e injustiça. Mas ao mesmo tempo, o diferente atrai; as cores, os palácios, as vestimentas, os sorrisos, tudo isso que vemos nos livros, guias e filmes, me despertou uma curiosidade e certa alegria por poder ver isso tudo com os meus próprios olhos e chegar às minhas próprias conclusões.

Ontem finalizei o nosso roteiro pela Índia, como sempre, com uma certa flexibilidade, já que estamos trabalhando e viajando e muitas vezes deixamos de visitar alguns lugares pelo cansaço ou adicionamos outros à rota, por sugestão local. Viajaremos por aproximadamente 20 dias e compartilho com vocês a rota que seguiremos, bem tradicional, por sinal. Todas as mudanças, paradas que fizermos serão editadas neste post, posteriormente, com o objetivo de ter o roteiro difinitivo e certinho registrado aqui.

Cidade

Dias

Delhi13,14 e 15 de Março
Agra16 de Março
Delhi17,18,19 e 20 de Março
Jaisalmer21,22,23 e 24 de Março
Jodphur25,26 e 27 de Março
Udaipur28,29 e 30 de Março
Jaipur31 de Março a 2 de Abril
Varanassi4, 5, 6 de Abril

Visto:

Já fizemos um post super detalhado explicando como é o processo para tirar o visto de turismo para a Índia.

Transporte:

As distâncias do nosso roteiro são longas e tem um total de 2.807 km. Na Índia, podemos os locomover nos trens noturnos (para longas distâncias), ônibus, que muitos dizem que caem aos pedaços ou alugar um carro com motorista e ar condicionado, já que vale a pena pelo valor, além dos voos com as low costs do país.

Trem: Para quem quer comprar as passagens de trem com antecipação (algo muito recomendável), sugerimos o Cleartrip. Já compramos voos no site e é bem seguro, além disso, a ferramenta “Way to go” é genial: você põe o trajeto que deseja fazer e eles mostram todas as opções de transporte, possíveis distância e valor aproximado do trajeto. Uma mão na roda!

Aluguel de carro: Será a nossa opção. Viajaremos com um amigo e achamos o aluguel mais flexível, já que podemos mudar a rota, incluir cidades e ficar menos tempo nas que não gostarmos muito, além de acharmos mais seguro. Para Varanassi, talvez optaremos pelo avião. Assim que chegar em Delhi na sexta, atualizo esse post com a média de preço do aluguel, já que muita gente recomendou que fechássemos tudo lá mesmo, pessoalmente.

 Ônibus: Também sugiro pesquisar e comprar pelo Cleartrip, já que o site tem mais de 2.000 empresas registradas no site. Mas sinceramente, não acho que seja uma das opções mais cômodas pelo que li nos fóruns. Talvez a minha opinião mude ao chegar lá, veremos!

Empresas aéreas indianas: Air India, IndiGo, GoAir, Jet Airways, Jet Connect, SpiceJet… uma infinidade de opções para se mover pelo país de forma econômica sem passar horas em um trem.

Seguro Viagem

É super importante estar preparado para tudo, ainda mais em um país como a Índia. Estamos assegurados pela World Nomads, super bem recomendada pela Dri Setti e pela Patri, do Turomaquia.

Hospedagem

Ainda definindo a melhor opção. Pelo que lemos, a região de Connaught Place é uma das mais centrais para se alojar em Delhi, nossa primeira parada. Para quem quer fugir do caos do centro, talvez os hotéis perto do aeroporto sejam uma boa pedida.

Dois casais nos recomendaram o Bloomrooms, disseram que os quartos eram limpos e o serviço era bom e a relação qualidade-preço era ótima. Localização: Connaught Place

O Radisson Blu Plaza é daquelas opções sem erro, já que a rede é internacional e a qualidade é indiscutível e eles oferecem transfer do aeroporto para o hotel. Localização: a 10 minutos do aeroporto.

O Taj Palace New Delhi, da rede Taj Hotels, tem diversos serviços e uma ótima estrutura e foi recomendado por amigos também. Além disso, a rede Taj assegura o conforto e a qualidade do serviço. Leia as reviews aqui. Localização: Sardal Patel Maj

Chegada no Aeroporto:

Uma das coisas que escutei e li é sobre como é importante evitar aperto na hora da chegada procurando um taxista e ter a sorte de encontrar um honesto. Além disso, a chegada por si mesma pode ser algo pertubador, por isso preferimos contratar um serviço de transfer no Viator.

Roupas

Recomendam usar roupas largas e andar com o corpo bem coberto. Estou levando lenços para colocar em cima das calças e cobrir os ombros, já que me disseram para evitar roupas marcando o corpo, decotes e qualquer tipo de roupa mais…sensual. Chegando em Delhi vou procurar lojas para comprar alguma roupa local, se possível. 😀

Para quem também está planejando o roteiro pela Índia, recomendamos o 360 Meridianos, que tem mais de 80 posts sobre o país e foi muito útil no nosso planejamento!

*Créditos da foto: http://amazingpics.net/content/India/Amazing%20India%2037.jpg