Republica Dominicana

Covid-19: República Dominicana está preparada para realizar exames nos turistas

Governo dominicano e o setor privado adotam medidas para fortalecer a capacidade do destino em responder aos requisitos de entrada dos mercados emissores de turistas ao país

O governo dominicano, por meio dos Ministérios de Turismo e Saúde Pública, anunciou novas medidas para fortalecer a capacidade de resposta do destino diante dos novos requisitos dos países emissores de turistas. Por um lado, o Ministério de Saúde Pública irá doar 400 mil exames de antígenos como parte do Plano de Assistência ao Viajante, que é atualmente concedido aos visitantes internacionais que se hospedam em hotéis na República Dominicana e que necessitam do teste para retornar ao país de origem.

Esses exames rápidos de antígenos ou o teste PCR com resultado negativo de até 72 horas serão requeridos pelo governo dos Estados Unidos para entrar ou para trânsito em território americano a partir de 26 de janeiro.

O teste rápido de antígenos exigido pelo governo dos Estados Unidos será administrado aos cuidados do país sem custo pelo pessoal técnico de saúde nos hotéis, e seu resultado será certificado pelo Ministério de Saúde Pública. Os hotéis de diversos destinos da República Dominicana estão prontos para auxiliar seus hóspedes na coordenação dos agendamentos, assim como a entrega dos resultados.

Já em relação aos países que requerem o exame de PCR para entrada, o Ministério de Turismo destacou que a capacidade atual dos laboratórios é de 11 mil testes diários, o que garantirá atenção aos residentes e visitantes. Adicionalmente, nas próximas três semanas será aumentada a capacidade em 40%, para assegurar que nenhum viajante tenha problemas ao regressar ao seu país. Os hotéis também darão assistência aos seus hóspedes para coordenar os agendamentos para o exame PCR, cujo custo deverá ser de responsabilidade do viajante.

“A República Dominicana continua comprometida em oferecer uma experiência turística segura, tanto para aqueles que nos visitam como para todos os dominicanos que participam da cadeia produtiva turística. Por isso, estamos continuamente revisando as medidas para oferecer aos nossos visitantes as facilidades necessárias para poder desfrutar das férias e de uma viagem de retorno com tranquilidade”, informa David Collado, Ministro de Turismo.

É importante pontuar que, até 31 de março de 2021, todos os turistas internacionais que chegam por via aérea e que se hospedam em um hotel têm um plano de cobertura médica gratuito, que cobre todo tipo de emergência, incluindo um possível contágio de Covid-19.

Para conhecer os detalhes dos protocolos aplicáveis à indústria turística ou esclarecer qualquer dúvida sobre as operações de turismo no país, basta visitar o portal https://www.godominicanrepublic.com ou o Centro de Informação ao Viajante, plataforma interativa criada pelo Ministério de Turismo que responde às dúvidas mais frequentes daqueles que planejam visitar o destino: https://www.drtravelcenter.com/es.

*Pauta enviada pela AFT Comunicação Digital, assessoria de imprensa do destino no Brasil.