Cristalino Lodge Foto de Edson Endrigo

Quando ir para a Amazônia: clima mês a mês

Não há tempo ruim na Amazônia. Muito embora todas as estações apresentem características distintas, todas as épocas possuem peculiaridades incrivelmente únicas e atraentes.

O turismo de isolamento pode não ser uma prática relativamente nova no mercado, mas evidenciou destinos até então pouco explorados pelos turistas brasileiros, como a floresta Amazônica, a queridinha dos “gringos”. Presente em nove estados e em pouco mais de 60% de todo o território nacional, o bioma abriga em seus domínios a maior e mais diversificada biodiversidade do mundo. Neste post você encontrará as informações essenciais para iniciar o seu planejamento de viagem: quando ir para a Amazônia – destino tendência para 2021, já que a paisagem é diferente nas estações de seca e de cheia.

Mas qual a melhor época para se aventurar pela maior floresta tropical do planeta? O hotel Cristalino Lodge, situado na região de Alta Floresta, no Mato Grosso, Sul da Floresta Amazônica, nos enviou algumas dicas para os interessados:

Clima na Amazônia

Situada na região dos trópicos e próxima à linha do Equador, a Amazônia é caracterizada como uma floresta tropical úmida. Temperaturas quentes com máximas de 35º e mínimas de 15º podem ser encontradas na região. Durante a noite, a temperatura costuma cair um pouco. Por isso, é sempre bom levar um ou dois moletons leves.

Quando ir para a Amazônia: melhor época

Na Reserva Cristalino Lodge, em Alta Floresta, Sul da floresta Amazônica, por exemplo, existem duas estações muito bem definidas: a estação seca, de junho a novembro, e a estação verde, de dezembro a maio. Ambas são excelentes para conhecer a Amazônia, mas oferecem experiências dispares, porém enriquecedoras. 

Na estação seca, o Rio Cristalino atinge o seu ponto mais baixo em setembro, com muitas corredeiras. É uma ótima época para avistar aves e animais. Já na estação verde, a floresta se torna mais húmida e o rio atinge o seu ponto mais alto em março, encobrindo pedras e ficando mais calmo e plácido.

Chuvas na Amazônia

Nada de pânico. As chuvas podem ocorrer durante todo o ano, mas são mais comuns entre dezembro e março e nem um pouco parecidas com o que vemos em grandes centros urbanos.

Quando ir para a Amazônia: Clima mês a mês

Fevereiro a Março

A floresta torna-se verde e florida, com destaque para as orquídeas, helicônias e bromélias. O rio é plácido e belo. A umidade do ar é elevada. Boa época para observar macacos devido à abundância de comida na floresta. Essa é uma época em que muitas espécies estão nidificando ou possuem filhotes.

Abril a Maio

Entre abril e maio, uma fina camada de vapor de água aparece logo acima da floresta nas primeiras horas do dia. Um belo espetáculo que pode ser acompanhado de perto na Reserva Cristalino Lodge no alto de qualquer uma das torres de observação do ecolodge. No período da tarde, o pôr do sol também se destaca. Muitas espécies já possuem filhotes jovens – como os macacos, e as borboletas costumam ser vistas regularmente.

Junho a Outubro

A floresta torna-se mais seca e o rio atinge o seu nível mais baixo, revelando rochas e corredeiras de água cristalina. As noites podem ser um pouco mais frias. É um bom período para observar aves e borboletas. As chances de observar grandes mamíferos nas margens dos rios é maior. Os macacos, por outro lado, são vistos com menos frequência porque há maior escassez de comida na floresta e os bandos dividem-se em grupos menores.

Novembro a Janeiro

Época ensolarada e com elevada visibilidade. A floresta torna-se mais verde e, no nível do solo, muitos filodendros aparecem. Esta é uma boa época para se observar macacos e aves, pois a floresta está carregada de frutos e outros alimentos.

Sobre o Cristalino Lodge

O Cristalino Lodge é um destino privilegiado na Amazônia para amantes da natureza. O hotel está localizado em Alta Floresta-MT, em uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) de 11.399 hectares – uma área seis vezes maior do que o arquipélago de Fernando de Noronha. Só de aves, são 595 espécies diferentes já catalogadas, muitas delas raras para a ciência. A alta biodiversidade da região atrai turistas do mundo todo em busca de conforto e contato com a floresta autêntica no coração do Brasil.

O Cristalino possui duas torres de observação de 50m de altura, atividades como trilhas de passeios guiados, canoagem e banho de rio no deck flutuante. Todos os quartos são abastecidos com energia solar, garantindo conforto e bem-estar. Desde 1990, a Fundação Ecológica Cristalino contribui com o lodge no desenvolvimento de programas de conservação, educação e pesquisa em prol da biodiversidade. Eleito pela National Geographic Traveler como um dos 25 melhores ecolodges do mundo, o Cristalino recebeu o certificado GreenLeaders TripAdvisor na categoria Platinum e foi vencedor do Sustainable Vision Award pela Brazilian Luxury Travel Association – BLTA.

Serviço:

Cristalino Lodge

Alta Floresta, Mato Grosso
Fones: (11) 3071-0104 e (66) 3521-1396
www.cristalinolodge.com.br
E-mail: [email protected]

Localização no mapa:

*Pauta enviada por meio da Lucia Paes de Barros Assessoria de Comunicação.