hoteis-em-salvador

Onde ficar em Salvador: Quatro Opções para todos os Bolsos

Dezembro, 2014. Depois de seis anos morando fora, passaria o meu primeiro ano-novo de volta ao Brasil; comecei a trabalhar em Agosto e o “recesso”de Dezembro tinha gostinho de descanso merecido, cheiro de maresia, sol e tempo pra curtir o Átila. Em uma dessas buscas loucas por passagem (é um hobby, confesso), encontrei uma barganha: São Paulo – Salvador por R$ 750,00 no ano novo! Em duas horas já tinhamos as passagens compradas. Pasmem, eu não conhecia Salvador e me animei demais, apesar de ter ouvido opiniões negativas sobre a cidade.

Seriam 12 dias entre Salvador e Aracaju e decidi testar alguns hotéis em Salvador para compartilhar a minha opinião aqui no blog; coisa de blogueira mesmo, na hora dá uma canseira de mudar de hotel, mas valeu a pena. Fomos em alta temporada e ainda assim os preços foram realmente bons para o serviço e qualidade que encontramos em alguns deles. Essas foram as nossas escolhas e experiências:

O bem localizado com conforto: Golden Tulip Rio Vermelho

Ao passear pelo Rio Vermelho, vi o Golden Tulip no alto do bairro, iluminado e vista pro mar. Cismei que queria me hospedar lá, e no final da viagem decidi testar. A foto da piscina deles no site e toda a apresentação no Booking me atraíram muito. O Golden tem uma estrutura parecido com a do Mercure, que também está próximo, mas é mais econômico e acessível. O hotel é bem familiar, mas encontrei grupos de amigos e casais também. Pagamos R$ 224,00 na diária com café da manhã em Janeiro de 2015. Para pesquisar os preços, é só clicar nesse link do Booking.com, parceiro do blog.

hoteis-em-salvador

Fonte: http://www.goldentulipriovermelho.com/pt-pt

Pontos positivos:

  • A localização, no Rio Vermelho, um dos bairros mais boêmios de Salvador, com bares e restaurantes ótimos perto.
  • Os quartos são grandes e com uma vista maravilhosa da cidade.
  • O café da manhã é digno, com tapioca feita na hora, frutas frescas, sucos, cereais.
  • O serviço é melhor do que a média se compararmos com o atendimento típíco da Bahia.
  • A internet era grátis, mas um pouco lenta.
  • Cama confortável, mas não era king e ar condicionado funcionando bem.

hoteis-em-salvador

Pontos negativos:

  • O hotel parece ser antigo e a ducha não era das boas.
  • A piscina não era tudo aquilo que parecia nas fotos, além de ter poucas mesas e cadeiras pra capacidade do hotel – 200 quartos.
  • Acesso: como ele fica no alto do bairro, é preciso subir uma “pequena” ladeira, mas descobrimos no último dia que há um taxi que transporta os hóspedes por conta do Golden Tulip.

O bem localizado econômico: Ibis Salvador Rio Vermelho

O Ibis foi reservado de última hora, quando voltávamos de Aracaju. Como adoramos Rio Vermelho e nunca tínhamos nos hospedado em um Ibis, decidimos testar. O público em sua maioria eram famílias de todas as partes. O hotel não tinha uma área de lazer/comum, apenas o restaurante no térreo. O valor da diária foi R$ 189,00 em Janeiro de 2015, mas é possível encontrar quartos poe R$ 100,00 for da alta temporada. Acho ideal para quem quer economizar, ficar em quarto privado e não abre mão de uma boa localização. Você pode pesquisar os valores na data que visitará a cidade nesse link.

hoteis-em-salvador

Fonte: hoteis.info

Pontos positivos:

  • A localização, no Rio Vermelho, como mencionei acima.
  • Está a duas quadras da Praia do Buracão, que tem o nome feio, mas é bem bonita. 😉
  • A internet era grátis e funcionava bem.
  • Tem restaurantes deliciosos ao lado, como a Confraria das Ostras que tem uma moqueca deliciosa.
hoteis-em-salvador

Fonte:accorhotels.com

Pontos negativos:

  • O quarto era pequeno, assim como o banheiro, mas compatível com a média de preço fora da alta temporada (R$ 100-$130,00)
  • O cheiro do quarto não era muito agradável
  • Cama confortável, mas não era king e ar condicionado funcionando bem.

O bem localizado com design: F Design Hostel

hoteis-em-salvador

Fonte: hihostelbrasil.com.br

Em 2012 ator Luiz Fernando Guimarães inaugurou este hostel design com um sócio. O fato nos chamou a atenção na época pela visão do ator de investir em um hostel-boutique em Salvador, fora do eixo-São Paulo. O F Design tem capacidade para 62 hóspedes em nove quartos coletivos super bem decorados com temáticas diferentes, como o “Quarto DJ”e o “Quarto Passaporte” e quatro suítes super bem decoradas e aconchegantes. Nós decidimos ficar no quarto coletivo, que  tinham lockers e eram limpos e organizados. Foi a nossa primeira e última experiência juntos em quartos coletivos, acho que já passamos da idade/fase, mas foi uma experiência válida, as acho o F Design ideal para quem está viajando sozinho, grupos de amigos (era o nosso caso nesse momento da viagem) ou pra quem quer economizar, ficar bem localizado e conhecer pessoas.

Pagamos R$ 60,00 por pessoa em quarto coletivo e o valor da suíte é de R$ 240,00 (Valores de Janeiro de 2015). Para ver os preços atualizados e reservar, é só clicar nesse link.

hoteis-em-salvador

Nós, o Dani e a Dé, companheiros de viagem curtindo a piscina

Pontos positivos:

  • A localização, no Rio Vermelho, como todos os outros – desculpem, eu adorei.
  • Está a uma quadra do Acarajé da Dinha e a 10 minutinhos andando do Acarajé da Cira, dois “must-degustar” (haha) de Salvador.
  • A internet era grátis e funcionava bem.
  • Tem restaurantes bons perto também, como a Fogo de Chão e uma Pizzaria, além das baladinhas.
  • A piscina e as áreas comuns eram bem legais. No rooftop tem um bar/balada e é possível curtir o fim de tarde na piscina admirando a cidade e tomando algo.
  • O café da manhã é bom pra ser um hostel – misto quente, frutas, sucos e café.

Pontos Negativos

Felizmente não há. A relação qualidade-preço, design e atendimento são ótimos mesmo.

Perto do Aeroporto, na Praia de Itapuã e com ótimo serviço e conforto: Hotel Deville Prime Salvador

O nosso voo de volta para Sampa estava marcado para o domingo e queríamos descansar  e curtir o último dia na Bahia juntos, sem fazer nada, só na sombra e água fresca. Procurando hotéis próximos ao aeroporto (ele está localizado a 7 km do aeroporto, 15 minutos de carro), para a saída ser sem stress e trânsito, eu encontrei o Deville Prime. O hotel é ideal para quem quer ficar longe do agito, com um serviço excelente e ótima estrutura. Ao chegar lá, fomos recebidos pelos funcionários rapidamente e o check in foi feito em tempo recorde, com direito a late check-out e boa vontade da recepcionista.

O público é de famílias e casais em sua maioria e muitos estrangeiros. O valor da diária varia entre R$ 280,00-R$ 500,00. Nós pagamos R$ 290,00 com o café da manhã incluído. Você pode reservar nesse link.

hoteis-em-salvador

Fonte: Nosso Instagram http://instagram.com/p/xbwj3jvz7U/?modal=true 🙂

Pontos positivos:

São muitos, mas esses foram os pontos que mais me charam a atenção:

  • Cama king size, enorme e confortável demais.
  • Ducha com pressão ótima, banheiro com bom tamanho.
  • Atendimento digno de um hotel 4 estrelas.
  • Estrutura ideal para o lazer piscina grande, quadra de tênis, pista para patinar, correr ou caminhar, bilhar e tênis de mesa.
  • A internet era grátis e funcionava bem.
  • A vista para os coquerais do hotel e, no fundo, o mar da Praia de Itapuã <3
  • O café da manhã era completíssimo e não deixava a desejar em nenhum sentido: mais de 10 tipos de pães, bolos e croissant, frutas, iogurtes, tapiocas e omeletes preparados na hora, sucos e até mesmo prosecco. O restaurante do café da manhã tinha vista para a área comum da piscina, uma delícia.
hoteis-em-salvador

Fonte: deville.com.br

Pontos negativos:

  • Ao pedir o almoço ou jantar, os pedidos demoravam em média 40-50 minutos para chegar.

O Deville foi aquele hotel que nos despedimos com vontade de voltar. Perfeito para um fim de semana ou feriado de descanso na Bahia…

E você, qual a sua dica de hotel, qual o seu lugar favorito para se hospedar em Salvador? Compartilhe nos comentários!

 Mapa com a localização dos hotéis + pontos turísticos de referência: