Booking.com

O nosso mini-guia de Nassau, a capital das Bahamas

Águas turquesas, resorts pé na areia, clima tropical e um astral contagiante fazem de Nassau, a capital das Bahamas, um dos melhores destinos para passar férias no Caribe.

São apenas 10 horas de voo (contando com a conexão na Cidade do Panamá) que separam São Paulo de Nassau, destino em que acabamos de voltar de viagem e já virou um dos nossos favoritos do Caribe. Nassau está localizada a (em média) duas horas de voo de vários países da América Central. Desde o Brasil, a forma mais rápida de chegar na capital das Bahamas é via Panamá, com a Copa Airlines.

hospedagem nassau

Como chegar:

O voo de São Paulo para a Cidade do Panamá tem duração de sete horas, e da Cidade do Panamá para Nassau são mais duas horas, estas, com o rosto grudado na janela do avião apreciando a paisagem do Caribe desde as alturas. A passagem custa em média R$ 2.500,00, mas vale ficar atento nas promoções da Copa Airlines.

*Veja o nosso post sobre a experiência de como é voar com a Copa Airlines de São Paulo para Nassau.

Visto:

Brasileiros não precisam de nenhum tipo de visto para entrar nas Bahamas. A permanência no país é dada de acordo com os seus dias por lá. No nosso caso, sete dias.

Onde ficar em Nassau

Uma vez no Caribe, a boa é pegar um hotel ou resort na beira da praia, correto? Acordar todos os dias com aquele azul turquesa é um plus na viagem! A nossa dica é o Breezes Resort, localizado em Cable Beach (ótima localização para se locomover em Nassau), com sistema all-inclusive, SPA, quadra de tênis, serviços de tours para explorar as ilhas próximas, agenciamento de mergulhos e todas as outras mordomias que um resort pode oferecer. As diárias por lá são a partir de R$ 900,00.

*Veja o post da nossa experiência sobre como é se hospedar no Breezes Resort.

Para você que não pensa em gastar muito com a hospedagem, há diversas opções de Airbnb na ilha.

Mergulho:

Vai para Nassa? A única coisa que não pode faltar no roteiro da sua viagem é um mergulho por lá! Conhecida como um dos melhores lugares para mergulhar no mundo, as Bahamas possuem experiências de mergulho que estampam a bucket list de muitos mergulhadores, como o mergulho de Shark Feeding do Stuart Cove’s, em Nassau. Além dos mergulhos com tubarões, Nassau conta com uma série de pontos de mergulho cheios de vida marinha, naufrágios e dezenas de diferentes espécies de corais.

Para saber mais sobre mergulho em Nassau, acesse o nosso site exclusivo sobre viagens de mergulho, o Guia do Mergulho.

Quando ir:

A alta temporada em Nassau contempla os meses de março, abril, julho, julho e agosto. Se a ideia é ir na baixa temporada, programe a sua viagem entre os meses de janeiro, fevereiro, maio, setembro, outubro, novembro e dezembro.

Imigração no aeroporto de Nassau:

Leve em mãos o passaporte e os vouchers de hospedagem, o certificado internacional de vacinação, voo de volta, seguro viagem, tours que fará e, caso tenha, outras informações que você tiver sobre a sua estada na ilha. Geralmente eles pedem todos os vouchers e o visto é dado de acordo com a sua permanência.

Certificado Internacional de Vacinação:

Atenção: para viajar para as Bahamas é necessário ter tomado a vacina contra a febre amarela, e ter em mãos o CIVP, o Certificado Internacional de Vacinação emitido pela Anvisa. Caso não o tenha, vá até um posto de saúde, tome a vacina e peça um documento que comprove a vacinação, em seguida vá até o centro de atendimento mais próximo da Anvisa para emitir o certificado.

Como sair do aeroporto de Nassau:

Se o seu hotel não inclui transfer, a dica é pegar um táxi. Do aeroporto para o Breezes Resort, por exemplo, custa trinta dólares. Já do aeroporto para o hotel RIU, em Paradise Island, o trajeto sai em média sessenta dólares.

Qual moeda levar para as Bahamas?

A moeda loca, o dólar bahamense, tem o mesmo valor que o dólar americano. Ambas moedas são aceitas em todos os estabelecimentos.

Tips/Gorjeta

A cultura da tip em Nassau é bem presente, e em todos os lugares geralmente os turistas deixam tips, entre 10% e 15% do valor do produto consumido. Há tours, por exemplo, em que as tips não estão incluídas, vale a pena deixar tudo claro (em relação aos valores) antes de embarcar. Por exemplo: se você compra um pacote de uma experiência local equivalente a 200 dólares, a tip seria entre 20 e 30 dólares.

Serviço:

Nassau, Bahamas

Maiores informações em: bahamas.com

*Viajamos para Nassau em parceria com a Copa Airlines, Breezes Resort e Stuart Cove’s.