Booking.com

Claudia Andujar: A Luta Yanomami no IMS Rio de Janeiro

A exposição apresenta o trabalho da fotógrafa e ativista que dedicou a vida para conhecer e proteger um povo indígena ameaçado de extinção.

A retrospectiva da obra de Claudia Andujar dedicada aos Yanomami, indígenas ameaçados de extinção, reúne aproximadamente 200 imagens e uma instalação da fotógrafa e ativista, além de livros e documentos sobre a trajetória do povo em busca de sobrevivência. O conjunto, apresentado no IMS Paulista entre dezembro de 2018 e abril de 2019, e no IMS Rio entre julho e novembro de 2019, traça um amplo panorama do longo trabalho de Andujar junto aos Yanomami, retomando aspectos pouco conhecidos da luta da fotógrafa pela demarcação de terras indígenas, militância que a levou a unir sua arte à política. A seleção do material no acervo de mais de 40 mil imagens da artista é do curador Thyago Nogueira, coordenador da área de fotografia contemporânea do IMS. Entre dezembro de 2019 e maio de 2020 a exposição pode ser vista na Fondation Cartier, em Paris.

A mostra acompanha o trabalho de Andujar desde o início, mostrando as fotografias produzidas entre 1971 e 1977 na região do Catrimani, em Roraima. São registros das atividades diárias na floresta e na maloca, dos rituais xamânicos, dos indivíduos. Revela ainda a luta da fotógrafa para proteger o povo que, entre os anos 1970 e 1980, corria o risco de desaparecer diante das doenças, violência e poluição causadas pelo garimpo e pelos planos de desenvolvimento da Amazônia durante o governo militar. Outro destaque da mostra é uma nova versão da instalação Genocídio do Yanomami: morte do Brasil (1989/ 2018), manifesto audiovisual que apresenta uma retrospectiva do trabalho de Andujar, incluindo fotos tiradas entre 1972 e 1984.

Está imperdível!

Serviço

Claudia Andujar – A luta Yanomami foi realizada com apoio e consultoria do Instituto Socioambiental (ISA) e colaboração da Hutukara Associação Yanomami (HAY).

Entrada gratuita

Galeria principal: 20 de julho a 10 de novembro de 2019

Horário de visitação: terça a domingos e feriados (exceto segundas), das 11h às 20h.

Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea – Rio de Janeiro/RJ

Informações no: (21) 3284-7400

Clique aqui para saber mais sobre a exposição.